Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Últimas Notícias > “Protagonismo Empodera e Concretiza a Inclusão Social”: 21 a 27/8 – Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

“Protagonismo Empodera e Concretiza a Inclusão Social”: 21 a 27/8 – Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla

  • Publicado: Quinta, 20 de Agosto de 2020, 19h23
  • Última atualização em Quinta, 20 de Agosto de 2020, 19h23

A Lei nº 13.585/2.017 instituiu as comemorações da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, que visam ao desenvolvimento de conteúdos para conscientizar a sociedade sobre as necessidades específicas de organização social e de políticas públicas para promover a inclusão social desse segmento populacional e para combater o preconceito e a discriminação.

“Protagonismo Empodera e Concretiza a Inclusão Social” é o tema da campanha para o ano de 2020, definido pela Federação Nacional das Apaes (Fenapaes) com o propósito de fomentar o debate e as ações estratégicas voltadas para o destaque da visibilidade e do papel da pessoa com deficiência intelectual e múltipla na sociedade, bem como de sua efetiva inclusão social.

De base conceitual importante quando se propõe identificar a valorização dessas pessoas e sua atuação na sociedade, predominam, nas diferentes agendas das políticas públicas, a assistência social, a educação e a saúde, discutindo-se e defendendo-se os direitos das pessoas em situação de vulnerabilidade, entre as quais se destacam pessoas em situação de deficiência, ainda fragilizadas quando se trata de serem ouvidas e respeitadas em suas proposições e/ou intervenções reivindicatórias.

Elas nem sempre ocupam seus lugares sociais como filhos, irmãos, usuários, alunos, pacientes, profissionais ou cidadãos, pois tendem a renunciar às suas ideias diante de atitudes perversas, discriminatórias e excludentes.

A Rede Apae identifica esse tema como vetor de mudanças no olhar para as pessoas com deficiência, no que diz respeito à ética e aos valores morais que dão concretude à existência humana. Ademais, ele evidencia os conceitos que integram e constituem o protagonismo e acenam para sua relação com o empoderamento e a concretização da inclusão social.

É uma conquista complexa, que resulta de duras lutas, divergências e heranças culturais predominantes nas maneiras de pensar e agir da sociedade.

Em comemoração a essa data haverá um evento virtual, por meio de videoconferências nos canais da Apae no You Tube e Facebook, em que serão abordados os assuntos a seguir:

- A conquista da autonomia através das artes;
- Práticas esportivas e qualidade de vida;
- Pessoas com deficiência e seus direitos, na visão dos autodefensores;
- A família como protaguinista do processo de inclusão da pessoa com deficiência intelectual e múltipla;
- Vida sexual e afetiva da pessoa com deficiência inelectual;
- Inclusão no trabalho, vida comunitária e produtiva;
- A educação como meio para o desenvolvimento humano em igualdade de oportunidades.


Deficiência Intelectual e Múltipla

Pessoas com deficiência intelectual ou cognitiva costumam apresentar dificuldades para resolver problemas, compreender ideias abstratas, estabelecer relações sociais, compreender e obedecer a regras, e realizar atividades cotidianas - como, por exemplo, as ações de autocuidado.

A capacidade de argumentação dessas pessoas também pode ser afetada e precisa ser devidamente estimulada para facilitar o processo de inclusão e de adquisição de independência em suas relações com o mundo.

As pessoas portadoras de deficiência múltipla são aquelas afetadas em duas ou mais áreas, caracterizando uma associação entre diferentes deficiências, com possibilidades bastante amplas de combinações. Um exemplo seriam as pessoas que têm deficiência mental e física.

Deficiência Intelectual

O conceito de deficiência intelectual adotado atualmente foi instituído pela American Association on Intelectual and Developmental Disabilities (AAIDD) como “Incapacidade caracterizada por limitações significativas no funcionamento intelectual e no comportamento adaptativo e está expresso nas habilidades práticas, sociais e conceituais, originando-se antes dos dezoito anos de idade”.

Deficiencia múltipla

É a expressão adotada para designar pessoas que têm mais de uma deficiência. É uma condição heterogênea que identifica diferentes grupos de pessoas revelando associações diversas de deficiências que afetam, mais ou menos intensamente, o funcionamento individual e o relacionamento social.

 

Fontes:

APAE Brasil

Secretaria da Educação do Paraná

SILVA, Yara Cristina Romano. Deficiência múltipla: conceito e caracterização. Anais Eletrônicos do VII Encontro Internacional de Produção Científica do Centro Universitário de Maringá (CESUMAR), 2011

registrado em:
Fim do conteúdo da página